Foz do Chapecó seleciona projetos sociais para receber apoio via leis de incentivos fiscais

10 de julho de 2019

A Foz do Chapecó Energia selecionou 12 projetos para receber recursos via leis de incentivos fiscais. Esta é a primeira etapa do ano, que reuniu 95 propostas que foram cadastradas no site da empresa até 30 de junho. Nesta fase serão liberados R$ 1,7 milhão por meio das leis da Cultura, Esporte, Fundo para a Infância e da Adolescência e Fundo do Idoso.

A seleção é feita por uma comissão interna que dá prioridade para projetos desenvolvidos nos 14 municípios da área de influência da usina hidrelétrica Foz do Chapecó. Entre os quesitos avaliados está a importância para a comunidade, envolvimento com outras instituições e empresas e a sustentabilidade da proposta. A próxima seleção deve ocorrer em novembro, com projetos cadastrados durante todo o ano.

Projetos selecionados:

Cultura:

Camerata Florianópolis: seis apresentações nos municípios abrangidos pela usina;

Incorpore – 2ª edição: mostra e oficinas de danças para professores e alunos da Apae de toda região;

Escolas Integradas de Alpestre: manutenção das atividades para crianças e adolescentes (danças das etnias alemã e polonesa, banda marcial, música e dança gaúcha, além de aulas de violão, instrumentos de sopro, etc);

 

Fundo para a Infância e da Adolescência:

Núcleo de Inclusão Social de Itatiba do Sul: manutenção das atividades do contraturno escolar;

Núcleo de Inclusão Social de Águas de Chapecó: aulas de informática para crianças e adolescentes;

Brincando na Praça, de Caxambu do Sul: implantação de playground com brinquedos adaptados a pessoas com necessidades especiais;

Núcleo de Inclusão Social de Alpestre: manutenção das atividades desenvolvidas na APAE e demais atendimentos;

 

ESPORTE:

Atletas de Ouro (Chapecó): escolinha de ginástica rítmica;

Sacada de Ouro IIª edição (Chapecó): escolinha de voleibol para formação de atletas de base;

 

IDOSO:

Cultivo de orquídeas, uma alternativa para o envelhecimento ativo: desenvolvimento de renda extra, com a criação de orquídeas. Projeto piloto em Alpestre;

Melhor Idade Ativa, de Itatiba do Sul: manutenção do atendimento de hidroginástica aos idosos e melhorias na estrutura;

Caravana da Cidadania, de Alto Alegre: eventos de atendimento social e melhoria da estrutura local de convivência da população idosa.